Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Se beber, não dirija: 22% dos flagrados na Lei Seca estavam alcoolizados

Em ações na Barra e no Recreio, Zona Oeste do Rio, o índice de motoristas com sinais de embriaguez chegou a 44% das abordagens

Por Redação 30 jun 2021, 16h59

A operação Lei Seca registrou índices elevados de motoristas sob efeito do álcool no Rio neste último fim de semana. Ao todo, 1 527 foram abordados no estado. Entre eles, 330 demonstraram sinais de embriaguez – o que corresponde a 21,6% das abordagens.

+ Inversão de papéis: Delegacia da Polícia Civil é investigada por corrupção

Na sexta (25), 82 condutores foram parados nas blitzes em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e cerca de 28% estavam alcoolizados. Em São Gonçalo, na Região Metropolitana, foram anotados 41 casos no sábado (26), atingindo 35% das abordagens. Uma ação realizada no mesmo dia na Barra , Zona Oeste do Rio, chegou a 25%.

No domingo (27), outras ações na Barra e no Recreio registraram quase o dobro do percentual – cerca de 44,6% dos motoristas estavam embriagados.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Em Campos dos Goytacazes e Macaé, no interior do estado, dos 313 abordados pela operação, 57 estavam sob efeito do álcool.

Continua após a publicidade

Publicidade