Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Lei regulamenta o nudismo na Praia de Abricó

Prefeito sanciona lei que estabelece normas para a prática na praia da Zona Oeste

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 5 dez 2016, 12h35 - Publicado em 11 nov 2014, 16h21

 

A Praia de Abricó já é conhecida dos cariocas como um reduto para os banhistas adeptos do naturismo. No entanto, a prática, que acontece no local desde a década de 1970, só agora foi reconhecida pelo poder público. O prefeito Eduardo Paes sancionou, na última sexta (7), uma lei que regulamenta o naturismo na pequena praia localizada na Zona Oeste da cidade. O documento, de autoria da vereadora Laura Carneiro (PTB), afirma que a nudez no local “não constitui ilícito penal”, garantindo proteção aos frequentadores da região.  

A nova legislação, no entanto, não proíbe que pessoas frequentem a praia vestidas. Desta forma, fica a cargo das autoridades municipais zelar pela segurança e pela ordem, inibindo qualquer tipo de abuso. É proibido, por exemplo, filmar ou fotografar os frequentadores sem consentimento prévio.

+ Dez praias paradisíacas no litoral fluminense

+ Praia do Perigoso: o novo point do Rio

Continua após a publicidade

Publicidade