Clique e assine por apenas 4,90/mês

Lei que autoriza a privatização da Cedae é sancionada

A empresa tornou-se garantia do empréstimo de R$ 3,5 bilhões que o estado recebeu do governo federal

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 8 mar 2017, 13h34 - Publicado em 8 mar 2017, 13h11

O governador Luiz Fernando Pezão sancionou a lei que permite a privatização da Companhia Estadual de Água e Esgotos (Cedae), aprovada pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Segundo a lei, a venda da empresa se torna a garantia à instituição credora e/ou em contragarantia à União para um empréstimo de R$ 3,5 bilhões. Os recursos obtidos deverão ser utilizados prioritariamente para o pagamento de salários e pensões de servidores e pensionistas do estado. A Alerj aprovou, no dia 20, a privatização da concessionária. Estiveram presentes 69 deputados. Foram 41 votos favoráveis e 28 contra.

Publicidade