Clique e assine por apenas 4,90/mês

Justiça desbloqueia 2,8 milhões de reais da cantora Anitta

Trata-se de mais um capítulo da batalha judicial que envolve a funkeira e sua ex-empresária, Kamilla Fialho

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 11 jul 2018, 13h52 - Publicado em 11 jul 2018, 13h31

O desembargador Adolpho Andrade Mello, da 9ª Câmara Cível, anulou o bloqueio de 2,8 milhões de reais da cantora Anitta em mais uma etapa da batalha judicial que envolve a funkeira e sua ex-empresária, Kamilla Fialho. O bloqueio havia sido determinado pela Justiça em favor de Kamilla, que deixou de trabalhar com Anitta em 2014. Kamilla abriu um processo por danos morais e também para exigir a prestação de contas da cantora, que não teria pago uma multa referente à rescisão de contrato.

Publicidade