Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Juíza é vítima de sequestro-relâmpago em shopping na Barra

Magistrada foi liberada após dizer ao criminoso que estava grávida

Por Redação VEJA RIO 29 jun 2018, 16h36

Na tarde desta quinta (28), uma juíza que atua na 1ª Vara Cível de Nilópolis, na Baixada Fluminense, foi vítima de um sequestro-relâmpago, num shopping da Barra.

A magistrada contou a policiais militares da 2ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) que foi abordada por um homem armado que a obrigou a ir até o estacionamento subterrâneo do Shopping Downtown, na Avenida das Américas.

No episódio, o assaltante tomou a direção do veículo e levou a juíza por alguns quilômetros, mas, para ser libertada pelo bandido, a magistrada disse que estava grávida. O criminoso, então, resolveu deixá-la num hospital da Rede Sarah e fugiu levando o carro.

A ocorrência foi registrada na 16ª DP (Barra da Tijuca). Lá, a juíza descreveu o homem como branco, de 1,65 m de altura e idade aproximada de 40 anos.

Policiais militares do 31º BPM (Barra da Tijuca) realizam buscas na região para tentar prender o assaltante. Além disso, a segurança do Tribunal de Justiça foi acionada para acompanhar o caso. O Shopping Downtown, por sua vez, informou que está colaborando com as investigações conduzidas pelas autoridades competentes.

Continua após a publicidade

Publicidade