Continua após publicidade

Jardins do Rio

Listamos os mais belos espaços verdes da cidade. Confira o roteiro e aprecie as espécies mais comuns nos jardins cariocas

Por Louise Peres
Atualizado em 5 jun 2017, 13h49 - Publicado em 19 set 2013, 21h13

Com a chegada da primavera, no domingo (23), espera-se também que apareçam as cores, formas e texturas que, no nosso imaginário, representam esta época do ano: flores, muitas flores. Não espere, no entanto, ver no Rio aqueles cenários dignos de filme, com extensos campos repletos de espécies enormes, coloridas e perfumadas. ?Isso só existe no hemisfério norte, onde as estações são muito bem demarcadas. Por aqui, a maioria das florações são no verão, respondendo às chuvas da época?, explica o biólogo Claudio Nicoletti, pesquisador do Jardim Botânico do Rio.

Mesmo que o início da estação não traga uma avalanche florida da primavera europeia, os cariocas ainda podem se deleitar com a beleza de espécies mais comuns por aqui, como vitórias-régias, ninfeias e bougainvilles. A vegetação de Mata Atlântica, predominante na cidade, conserva alguns símbolos desta época do ano. O mais comum deles é o ipê. ?É uma espécie que floresce no clima frio e ainda seco, muito comum nas praças e parques cariocas?, explica Nicoletti.

O biólogo chama ainda a atenção para outra peculiaridade da nossa flora típica. ?Se as árvores são imensas e frondosas, as flores são pequenas e delicadas?, aponta. Neste início de primavera, pratique esse exercício: acompanhe e perceba como, aos poucos, esses pequenos pontos de cor vão se espalhando e alegrando os galhos da cidade.

jardin_5.jpg
jardin_5.jpg ()

Por onde começar? Confira abaixo uma seleção de belos jardins e coleções vivas espalhados pelo Rio.

Jardim Botânico

Em 54 hectares cultivados, abriga 9 mil espécimes de vários lugares do mundo. Tamanha coleção viva torna o Jardim Botânico o lugar perfeito para apreciar espécies bonitas, exóticas e interessantes no Rio. Há desde bromélias e orquídeas a vitórias-régias, ipês rosas, brancos e amarelos.

Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico, tel. 3874-1214.

jardins_3.jpg
jardins_3.jpg ()
Continua após a publicidade

Aterro do Flamengo

Olhares atentos vão encontrar, já neste início de primavera, belas espécies ao longo do Parque do Flamengo. Entre elas, o chichá-fedorento, de um bonito vermelho vivo. Outra espécie vermelha comum ali é a Bombax malabaricus, de cor intensa e superfície brilhante.

Parque do Flamengo, s/n.

Sítio Burle Marx

Antiga residência do paisagista e arquiteto Roberto Burle Marx, em Barra de Guaratiba, o sítio conserva cerca de três mil e quinhentos exemplares cultivados, com espécies de mata atlântica, manguezal e restinga. Vale uma visita para conhecer a coleção de plantas do antigo morador.

Estrada Roberto Burle Marx, 2019, Barra de Guaratiba, tel. 2410-1412.

Instituto Moreira Salles

No centro cultural, na Gávea, os jardins projetados por Burle Marx concorrem com as atrações em cartaz, de tão bonitos.

Continua após a publicidade

Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, tel. 3284-7400.

jardins_1.jpg
jardins_1.jpg ()

Palácio do Itamaraty

Antiga sede do governo republicano (1889-1898) e sede do Ministério das Relações Exteriores, a construção cor de rosa é rodeado por um belo jardim de palmeiras altíssimas e árvores frondosas.

Continua após a publicidade

Avenida Marechal Floriano, 196, Centro.

jardins_2.jpg
jardins_2.jpg ()

Quinta da Boa Vista

Entre as árvores do parque, são comuns as palmeiras tropicais. Também há por lá a espécie vulgarmente chamada de bougainville, de flores de tonalidades rosadas e arroxeadas.

Continua após a publicidade

Quinta da Boa Vista, s/n, tel. 2234-1181.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.