Continua após publicidade

Ilha das Flores tem museu da imigração com exposição multimídia

Centro de Memória da Imigração tem vista privilegiada do Cristo e o Pão de Açúcar

Por Rafael Sento Sé
Atualizado em 2 mar 2018, 19h13 - Publicado em 2 mar 2018, 18h57
(Centro de Memória da Imigração da Ilha das Flores/Divulgação)

Estima-se que mais de meio milhão de estrangeiros tenham chegado ao Brasil passando pela hospedaria que, ali instalada, funcionou de 1883 a 1962. Bem preservado, o conjunto arquitetônico do fim do século XIX hoje abriga o Centro de Memória da Imigração da Ilha das Flores. À beira da BR-101, na altura de São Gonçalo, o espaço, mantido pela Marinha, com monitores e museólogos da Uerj, exibe atraente exposição multimídia. O passeio vale a pena: além de aprender sobre viajantes que vieram ao Brasil atrás de uma vida melhor, os visitantes curtem a vista estonteante para o Cristo e o Pão de Açúcar.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.