Clique e assine por apenas 4,90/mês

Ilha das Flores tem museu da imigração com exposição multimídia

Centro de Memória da Imigração tem vista privilegiada do Cristo e o Pão de Açúcar

Por Rafael Sento Sé - Atualizado em 2 mar 2018, 19h13 - Publicado em 2 mar 2018, 18h57
Centro de Memória da Imigração da Ilha das Flores/Divulgação

Estima-se que mais de meio milhão de estrangeiros tenham chegado ao Brasil passando pela hospedaria que, ali instalada, funcionou de 1883 a 1962. Bem preservado, o conjunto arquitetônico do fim do século XIX hoje abriga o Centro de Memória da Imigração da Ilha das Flores. À beira da BR-101, na altura de São Gonçalo, o espaço, mantido pela Marinha, com monitores e museólogos da Uerj, exibe atraente exposição multimídia. O passeio vale a pena: além de aprender sobre viajantes que vieram ao Brasil atrás de uma vida melhor, os visitantes curtem a vista estonteante para o Cristo e o Pão de Açúcar.

Publicidade