Continua após publicidade

Hotéis do Rio passam a receber (e mimar) os pets dos hóspedes

No Grand Mercure Riocentro, os cães dispõem de caminhas acolchoadas e comedouros

Por Anita Prado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 1 set 2017, 16h50 - Publicado em 1 set 2017, 16h18
(Guto Costa/Divulgação)

Depois de shoppings, bares e restaurantes abrirem as portas para os pets, agora é a vez dos hotéis. Desde o começo do ano, o Grand Mercure Riocentro, na Barra da Tijuca, recebe cães de até 15 quilos nas suítes, com direito a uma série de mimos. Os hóspedes de quatro patas dispõem de caminhas acolchoadas e comedouros mediante o pagamento da tarifa de 45 reais por dia. O mesmo vale para o Fasano, cuja diária é de 350 reais, e o Copacabana Palace, com taxa de 750 reais, independentemente do tempo que o animal permanecer em suas dependências.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.