Continua após publicidade

Helicópteros, drones e sonar são usados nas buscas por menino Édson Davi

A câmera térmica também auxilia os bombeiros militares, que ampliam o raio da procura para as regiões de Recreio, Guaratiba e Sepetiba

Por Redação
11 jan 2024, 12h45

As imagens e os depoimentos colhidos pela polícia encaminham as investigações para a hipótese de afogamento, já que não há indícios de que o menino Édson Davi Silva Almeida, de 6 anos, tenha deixado a praia na tarde de seu desaparecimento. E as buscas prosseguem no sétimo dia com aparatos de alta tecnologia na orla da Zona Oeste.

+ Paes diz que crime organizado cobrou para liberar obra no Parque Piedade

O Corpo de Bombeiros tem efetivo de mais de 40 homens nas buscas, com o auxílio de aparelhos como uma câmera termográfica que mostra diferentes temperaturas em um ambiente ou região, com drones e helicópteros sobrevoando regiões mais distantes do mar.

Compartilhe essa matéria via:

“O drone com câmera térmica consegue fazer uma varredura mais extensa do mar, identificando algum ponto de interesse. Os quadriciclos fazem um trabalho importante também na faixa de areia, justamente para ter a possibilidade de talvez encontrá-lo caminhando aqui pelas praias do Rio”, disse o porta-voz do Corpo de Bombeiros, major Fabio Contreiras.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Os bombeiros usam também uma embarcação com sonar do tipo side scan, considerado o mais moderno no país, que consegue fazer o escaneamento do fundo do mar e encontrar pontos de relevância. As buscas que começaram na Praia da Barra se estendem por Recreio, Guaratiba e de Sepetiba.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.