Clique e assine por apenas 4,90/mês

Grande Tijuca ganha motopatrulhamento da Guarda Municipal

Região terá seis motocicletas e oito guardas municipais cobrindo as áreas comerciais e os polos gastronômicos diariamente

Por Redação VEJA RIO - 3 jan 2018, 19h14

Contemplada pela ampliação do programa da Guarda Municipal, a Grande Tijuca terá motopatrulhamento diário das 10h às 22h. Ao todo, serão empregados seis motocicletas e oito guardas municipais por dia para cobrir as áreas comerciais e os polos gastronômicos dos bairros de Vila Isabel, Grajaú, Tijuca, Maracanã e Praça da Bandeira.

Através da recriação do Grupamento de Guardas Motociclistas (GGM), Copacabana recebeu em agosto o patrulhamento que vem rendendo resultados positivos e visa contribuir com as forças de segurança pública na redução dos índices de criminalidade na cidade. Com a Grande Tijuca, o número de bairros contemplados chega a 19.

A atuação do grupamento se baseia nos indicadores de criminalidade do Instituto de Segurança Pública (ISP), que apontam os locais onde os crimes de menor potencial ofensivo (como roubos e furtos a transeuntes e turistas) são mais elevados.

Em três meses, o GGM registrou 1.463 abordagens a suspeitos e 106 ocorrências. Do total, 11 foram prisões, 38 casos de condução de suspeitos para delegacias e 38 registros de furtos a pedestres.

Publicidade