Clique e assine por apenas 4,90/mês

Galeão pede que passageiros cheguem com seis horas de antecedência

A previsão é de que 85 000 pessoas viajem pelo aeroporto nesta segunda (22), trata-se do maior número de circulação da história do terminal 

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h07 - Publicado em 22 ago 2016, 13h45

Nesta segunda (22), dia em que a família olímpica se despede do Rio, o Aeroporto do Galeão deve receber 85 000 passageiros, o maior contingente da história do terminal. A previsão é de 114 voos durante todo o dia, composto de 8 724 integrantes da família olímpica (atletas, comissão técnica, jornalistas, entre outros), além de 36 878 bagagens e equipamentos.

+ Serviços de transporte terão alteração após Olimpíada

Para evitar problemas como filas longas nos procedimentos de check-in e no raio-x, a recomendação da concessionária que administra o Aeroporto Tom Jobim é de que os viajantes cheguem ao terminal com 6 horas de antecedência para os voos internacionais e 2 horas antes para os domésticos.

Durante a espera no local, os passageiros poderão contar com uma programação especial, que inclui apresentação da bateria da Mangueira com mestra-sala e porta-bandeira, passistas, ritmistas, exposição das fantasias da escola campeã deste ano (Mangueira) e oficina de samba, além da presença do mascote da Rio 2016, Vinícius. 

Publicidade