Clique e assine por apenas 3,90/mês

Fotógrafo aproveita a vista de Niterói para clicar o Rio

Renato Moreth está em exposição no Plaza Shopping Niterói com suas "pinturas" naturais 

Por Lula Branco Martins - Atualizado em 2 jun 2017, 12h07 - Publicado em 14 Maio 2016, 01h00

Piadistas dizem que uma das maiores qualidades de Niterói é a vista que, de lá, se tem do Rio. Galhofas à parte, Renato Moreth, fotógrafo profissional e morador de Icaraí, bairro nobre da cidade vizinha, costuma mesmo mirar suas lentes para terras cariocas. O resultado? “Pinturas” como a imagem acima (ao lado, um teste para o leitor). Seu trabalho, com 136 fotos tiradas em 75 cidades ao redor do mundo, está em exposição no Plaza Shopping Niterói, no Centro, que festeja trinta anos neste 2016.

Felipe Fittipaldi
Felipe Fittipaldi

Frase misteriosa não será apagada

Simpático bar com roda de bambas diária, o Beco do Rato, na Lapa, passa por reformas a partir deste mês, incluindo melhorias como novos banheiros, mas a frase pichada no muro será mantida. Ninguém sabe quem a escreveu e o que quis dizer com “o samba não é nada”. O “s” mal-acabado no fim da linha é indício de que o pichador  teve de fugir antes de concluir o “trabalho”. Certa vez, o cantor Caetano Veloso, frequentador da casa, disse que prefere assim: “Aí cada um usa a imaginação e pode terminá-la como bem entender”.

CINEMA SUSTENTÁVEL

Imagine ir a um cinema onde a exibição do filme depende da força das suas pernas pedalando uma bicicleta? É a proposta do Cine Pedal, mostra itinerante e gratuita movida a energia limpa. Cinco cidades vão participar, e o Rio será a primeira. O evento começa no sábado que vem (21), no Parque dos Patins, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Também haverá palestras sobre sustentabilidade e bikefoods com comidinhas. Confira abaixo como o sistema funciona.

QUADRO BIKE
QUADRO BIKE

176 figurantes…

…participaram da cena inicial de Contrato Vitalício, o aguardado primeiro longa‑metragem do grupo Porta dos Fundos, que é sucesso na internet há cinco anos com vídeos de humor. No take, os atores Fábio Porchat e Gregório Duvivier encontram-se na plateia de um prêmio internacional de cinema. O filme foi rodado na maior sala da Cidade das Artes, na Barra. Como a plateia é enorme, as quase duas centenas de figurantes não bastaram: a produção teve de se valer da computação gráfica para multiplicar o povaréu e preencher todos os lugares. A direção é de Ian SBF. A estreia será no mês que vem. 

Continua após a publicidade
Publicidade