Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Fiscalização interdita parte de obras do Parque Olímpico

O Ministério do Trabalho e Emprego encontrou irregularidades no canteiro de obras. As principais delas foram falhas nas regras de segurança

Por Redação Veja Rio Atualizado em 5 dez 2016, 11h20 - Publicado em 9 Maio 2016, 18h44

Na reta final das obras para a Olimpíada uma operação do Ministério do Trabalho descobriu irregularidades no Parque Olímpico e interditou parcialmente obra na Torre de TV. Ainda demonstraram problemas na Vila dos Atletas e em outros pontos do Parque Olímpico. Entre os principais problemas encontrados estão a falta de vínculo empregatício, problemas de segurança e falta de condições de trabalho.

+ Rio 2016 terá aplicativo oficial de transportes públicos

O laudo técnico de interdição das obras na Torre de TV fiscais encontraram locais com risco de queda de trabalhadores ou projeção de materiais, sem proteção coletiva e vãos de acesso aos poços de elevadores desprotegidos. De acordo com a organização dos jogos Rio 2016, todas as exigências já foram cumpridas para corrigir os problemas e, na manhã de segunda (9), representantes do comitê estavam no ministério para solicitar o desembargo da obra no Parque Olímpico.

Publicidade