Clique e assine por apenas 7,90/mês

Financiamento coletivo tem meta de plantar 20 000 mudas de árvores

Regina Casé e Estevão Ciavatta são os idealizadores do projeto Dá Pé de reflorestamento, lançado nesta quarta (21)

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h03 - Publicado em 21 set 2016, 23h52

Após recuperar 1,33 quilômetros de matas ciliares do Rio Una, na bacia do Rio Paraíba do Sul, o crowdfunding Dá Pé, idealizado por Regina Casé e Estevão Ciavatta, teve sua segunda edição lançada nesta quarta (21), Dia da Árvore. O compromisso desta etapa é plantar 20 000 novas mudas de árvores na Floresta da Tijuca e no Vale do Paraíba do Sul.

+ Floresta dos Atletas começa a ser plantada no Rio

O financiamento coletivo ficará disponível por 60 dias no site www.kickante.com.br/dape. A cada contribuição no valor de R$ 20,00, uma árvore será plantada em Áreas de Proteção Permanente e Unidades de Conservação, sendo cuidada por cinco anos pela Fundação SOS Mata Atlântica até que estejam fortes para seguir sozinhas.

Quem doar R$ 100,00, que garante o plantio de duas árvores, ganhará uma pulseira feita pelas artesãs do Parque Nacional do Xingu, demarcada como a primeira reserva indígena do Brasil. Com R$ 120,00, plante três árvores e leve um pingente-terrário da marca Wabi-Sabi. Já quem doar R$ 500,00 para garantir o plantio de 10 mudas recebe um óculos de sol da Zerezes, criado com madeira redescoberta.

+ Orla Conde segue com atrações após a Olimpíada

A campanha ganhou ainda o reforço do Uber, que vai destinar automaticamente R$ 5,00 à ação sempre que um novo usuário realizar a primeira viagem com o código de desconto DAPE durante a vigência da campanha.

Publicidade