Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Faixas especiais de trânsito voltam a funcionar na Paralimpíada

Elas estão demarcadas em vias que ligam regiões de competição à Vila dos Atletas. Uso indevido pode ser punido com multa

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 5 dez 2016, 11h06 - Publicado em 1 set 2016, 21h20

Com a cerimônia de abertura da Paralimpíada marcada para a próxima quarta (7), as faixas especiais de trânsito que funcionaram durante os Jogos Olímpicos voltaram a operar. O uso indevido a partir desta quarta (31) é passível de multa. Na quarta, começam a valer as faixas prioritárias da Avenida Brasil, Ilha do Fundão e dos BRS de Copacabana, Ipanema e do Centro. Nas avenidas Salvador Allende e Abelardo Bueno elas serão implementadas a partir de domingo (4). O objetivo é minimizar o tempo de viagem dos competidores.

Até o dia 18 de setembro, diversas ruas e avenidas da cidade terão uma faixa de tráfego dedicada à Família Paralímpica, ligando as diversas regiões de competição com a Vila dos Atletas. São dois tipos de faixas: as dedicadas, que são de uso exclusivo da Família Paralímpica, e as prioritárias, que utilizarão corredores existentes usados pelo transporte público. Elas podem ser da cor verde ou azul (quando se tratar do BRS).

O monitoramento do uso das faixas será feito por equipamentos de fiscalização eletrônica e por agentes da Guarda Municipal.

Publicidade