Clique e assine por apenas 4,90/mês

Executivo Norueguês desaparece no Rio

Torkil Prytz Tyvold foi visto pela última vez no dia 25 de maio, em Ipanema, na Zona Sul da Cidade

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 4 jun 2018, 15h03 - Publicado em 4 jun 2018, 15h01

A Polícia Civil do Rio investiga o desaparecimento do executivo Norueguês Torkil Prytz Tyvold, de 60 anos, que trabalha para a petrolífera Hydro. Ele foi visto pela última vez no dia 25 de maio, em Ipanema, na Zon Sul do Rio. Segundo reportagem da Globonews, um colega do executivo disse em depoimento que ele viajaria a Oslo na noite do desaparecimento.

A Mulher de Torkil informou o desaparecimento horas depois, quando soube que ele nem sequer embarcou no voo.  O colega procurou o executivo no escritório da empresa no Rio, em Botafogo, e no apart hotel em Ipanema, onde estava hospedado. Lá, foram encontrados documentos, malas e celulares. A ocorrência foi registrada na 14ª DP, no Leblon, e encaminhada à Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA). A polícia Norueguesa está a par da situação e colabora com as investigações.

Publicidade