Continua após publicidade

Como funcionava esquema de empresários para burlar bilhões em impostos

PF e Receita Federal fazem operação para cumprir 10 mandados de busca e apreensão no Rio e em Caxias; bloqueio judicial de bens inclui iate de R$ 14 milhões

Por Da Redação
18 out 2023, 12h27

A Polícia Federal (PF) e a Receita Federal do Brasil (RFB) iniciaram nesta quarta (18) a Operação Sucata, contra um grupo de empresários que deve mais de 5 bilhões de reais em tributos à União. Os investigados produzem insumos para a indústria a partir da reciclagem de metais, como alumínio. Cerca de 80 agentes e fiscais saíram para cumprir 10 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, em endereços nos bairros de Campo Grande e Barra da Tijuca, além de Duque de Caxias e Angra dos Reis.

+ Um a cada três crimes contra turistas estrangeiros acontece em Copacabana

Os alvos da operação são acusados de cometer os crimes de sonegação de impostos, associação criminosa, estelionato e lavagem de dinheiro, cujas penas máximas somam 23 anos de reclusão. A investigação começou com uma notícia-crime encaminhada pela Receita Federal sobre um grupo que criou mais de 50 empresas, na maioria fantasmas, para burlar o pagamento de impostos. “Eles ainda utilizavam ‘laranjas’ para não serem responsabilizados pelas dívidas tributárias”, afirmou a PF.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Uma decisão judicial obtida pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional determinou o bloqueio de todos os bens do grupo para assegurar o pagamento da dívida tributária. Entre os bens que serão indisponibilizados legalmente, constam pelo menos 40 imóveis, avaliados em cerca de 38 milhões de reais; mais de 120 veículos, incluindo carros de luxo; um iate avaliado em 14 milhões de reais e dinheiro depositado em contas bancárias pertencentes aos envolvidos.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.