Clique e assine por apenas 7,90/mês

Enfeite de rua do Rio é réplica de obra do Museu do Louvre

O carioca Bruno Pereira surpreendeu-se ao ver a obra de mármore idêntica ao vaso que enfeita a pracinha na esquina das ruas Maria Quitéria e Epitácio Pessoa

Por Rafael Sento Sé - 16 fev 2018, 09h47

Em visita ao Museu do Louvre, na França, passeando entre estrelas do acervo, como a Mona Lisa e a Vênus de Milo, o pesquisador carioca Bruno Pereira surpreendeu-se ao encontrar uma obra de mármore idêntica ao vaso que enfeita a pracinha na esquina das ruas Maria Quitéria e Epitácio Pessoa, em Ipanema. Após consulta à instituição, descobriu que a peça carioca é uma réplica do Triunfo de Galateia, de François Girardon (1628-1715), artista notabilizado por decorar os jardins do Palácio de Versalhes. Não se sabe ao certo quando a versão foi instalada no Rio, mas a arquiteta Vera Dias, da Fundação Parques e Jardins, dá uma pista: ela conta que o prefeito Pereira Passos (cuja gestão foi de 1902 a 1906) importou treze obras de arte, a exemplo de Pescador Napolitano, de mármore de Carrara, atração em um lago do Campo de Santana, e a criação de Girardon pode ter vindo no pacote. Os dois trabalhos, assim como Diana de Gabies — escultura forjada em ferro na fundição de Val D’Osne que repousa na Praça Seca —, têm pares expostos no Louvre.

Publicidade