Clique e assine por apenas 4,90/mês

Em 12 horas, chove 30% do esperado para o janeiro, no Rio

Vias da cidade foram interrompidas devido á formação de bolsões d'água

Por Redação VEJA RIO - 8 jan 2018, 15h46

Durante as últimas 12 horas, choveu 30% da média pluviométrica mensal de janeiro, de acordo com dados do Sistema Alerta Rio. Em uma hora da noite deste domingo (7), a estação Barra/Barrinha encheu 50,6 mm, 33% do volume esperado para o mês inteiro. O índice é o maior compreendid entre a noite de domingo e a madrugada de segunda (8).

Desde as 19h35 de domingo, o Rio este em estágio de atenção. Os motoristas devem dirigir com cuidado todos os horários do dia, segundo recomendações do Centro de Operações. A previsão é de chuva nesta segunda e as pistas estão escorregadias.

A Avenida Olof Palme, próxima ao Riocentro, foi interditada, devido ao transbordamento do Rio Camorim, situado entre a Avenida Salvador Allende e a Estrada dos Bandeirantes. O Rio Acari também transbordou e causou alagamentos na Avenida Martin Luther King. Na Rua Barão de Capanema, em Bangu, a chuva formou bolsões d’água, assim como na Rua Padre Peroneli, em Jardim América e nas vias internas da Cidade de Deus. A Estrada Adhemar Bebiano, em Inhaúma, também não escapou do problema.

Publicidade