Clique e assine por apenas 3,90/mês

Elevado do Joá está com estrutura comprometida

Estudo da UFRJ aponta degradação estrutural do elevado e recomenda reconstrução da via

Por Thaís Meinicke - Atualizado em 5 dez 2016, 15h17 - Publicado em 4 dez 2012, 18h26

Estudo feito pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia da UFRJ (Coppe/UFRJ) aponta degradação na estrutura do Elevado do Joá, que liga a Barra da Tijuca a São Conrado. Segundo o relatório encomendado pela Prefeitura, a situação é grave, devido à corrosão provocada pelas marés e pela chuva durante os últimos 40 anos.

Para os pesquisadores da UFRJ, a única solução para recuperar a estrutura do Elevado seria a reconstrução de praticamente toda a sua extensão, de 1 100 metros, com técnicas de engenharia mais modernas que facilitem a manutenção. Eles também recomendam a adoção de medidas de emergência para diminuir o risco de acidentes, como a proibição da circulação de caminhões e a redução do limite de velocidade. A Prefeitura, no entanto, contesta o relatório e argumenta que é preciso ouvir outras opiniões de especialistas.

Veja também: Prefeitura estuda nova opção para melhorar acesso entre Zona Sul e Barra

Publicidade