Clique e assine por apenas 4,90/mês

Eduardo Paes vira réu em ação sobre campo de golfe olímpico

Ex-prefeito teria deixado de cobrar R$ 1,8 milhão à construtora da obra, afirma MPRJ

Por Redação Veja Rio - 10 ago 2017, 16h58

Eduardo Paes

A Justiça aceitou uma denúncia do Ministério Público Estadual (MPRJ) contra Eduardo Paes e a construtora Fiori Empreendimentos.

De acordo com a ação, o ex-prefeito teria deixado de cobrar da empresa uma dívida de licenciamento ambiental de R$ 1,8 milhão. Segundo o MPRJ, o valor é relativo à Taxa de Obras em Áreas Particulares. Ela deveria ter sido pago por conta da remoção de vegetação exótica na área do campo de golfe olímpico, construído pela Fiori na Barra.

Em nota, a assessoria de Paes informou que o caso em questão não gerou qualquer dano ou prejuízo ao tesouro municipal.”O ato questionado já foi revogado pelo Prefeito, antes do encerramento do mandato”, afirma o texto.

Publicidade