Continua após publicidade

Por que dono do Casarão do Firmino, na Lapa, foi preso pela Polícia Civil

O ponto de rodas de samba no Centro havia sido notícia em janeiro pelas agressões de seguranças contra mulheres e transexuais

Por Redação
13 Maio 2024, 11h49

O empresário José Carlos Firmino Júnior, dono do Casarão do Firmino, ponto de rodas de samba no Centro que foi palco de agressões de seguranças contra mulheres e transexuais, em janeiro, foi preso nesta sexta (10) pela Polícia Civil.

+ Caso Marielle: segundo PGR, assessora que sobreviveu também era alvo

A operação Rede Segura o encontrou na casa de shows, na Rua da Relação. Firmino tinha um mandado de prisão preventiva expedido pela 10ª Vara Criminal da Capital do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE).

Compartilhe essa matéria via:

O pedido de prisão se deu por conta de um crime de receptação de um caminhão roubado, em 2009, com a venda de peças do veículo. O crime ocorreu em Recife, e o caminhão modelo Mercedes-Benz foi adquirido para exercício de atividade comercial por José Carlos, que passou a vender suas peças para diversas pessoas.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Segundo a polícia, o homem descumpriu algumas medidas cautelares no início deste ano. Por isso, a Justiça de Pernambuco expediu, no dia 19 de fevereiro, o mandado de prisão. Primeiramente, o TJPE comunicou à Polícia Civil de São Paulo, pois o magistrado acreditava que José morava no estado. A localização do empresário no Rio aconteceu após trabalho de inteligência da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), através de meios digitais de rastreamento.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.