Clique e assine por apenas 4,90/mês

Disque-denúncia aumenta recompensa por Rogério 157

Portal oferece 50 000 reais para informação que leve à prisão do traficante

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 23 set 2017, 19h21 - Publicado em 23 set 2017, 19h17

O Portal dos Procurados do Disque-Denúncia acaba de aumentar para 50 000 reais, neste sábado (23), a recompensa por qualquer informação que leve à prisão do traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, apontado como o chefe do tráfico na Rocinha. Quando o criminoso teve prisão temporária decretada pela Justiça do Rio, na quinta (21), o valor era de 30 000 reais.

Na madrugada deste sábado (23), por volta das 4h, um bando armado com fuzis rendeu um taxista na Rua Jardim Botânico e ordenou que o motorista passasse no Horto para buscar Rogério e levá-los à Rocinha. Na entrada do Túnel Rafael Mascarenhas, na Gávea, os bandidos atacaram uma viatura da PM, que começou a perseguição ao veículo em meio a troca de tiros. Próximo ao Túnel Zuzu Angel, já perto de um dos acessos à Rocinha, houve nova troca de tiros, dessa vez com a guarnição do Exército, mas os criminosos conseguiram escapar. Há a possibilidade que algum deles tenha ficado ferido, pois foram encontrados vestígios de sangue na região.

O Disque-Denúncia pede para quem tiver informações sobre a localização de Rogério 157 informar pelos seguintes canais: (21) 98849-6099 (Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados) ou através da Central de Atendimento do Disque Denúncia no número (21) 98849-6099. Outras opções: aplicativo Disque-Denúncia ou através de inbox na página do Facebook https://www.facebook.com/procurados.org/

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade