Clique e assine por apenas 7,90/mês

Crivella promete responder reivindicações de taxistas em 7 dias

Motoristas reclamam que as leis que limitam o transporte com carro particular não estão sendo cumpridas

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 13 mar 2017, 18h31 - Publicado em 13 mar 2017, 16h17

Um grupo de taxistas foi recebido por Marcelo Crivella após protestar na porta da prefeitura, na manhã de segunda (13). O prefeito do Rio deu o prazo de uma semana para responder às reivindicações dos motoristas. As reclamações basicamente se resumem ao descumprimento de leis. Segundo o Sindicato dos Motoristas de Empresas e Auxiliares do Estado do Rio de Janeiro (Simeataerj), as normas sobre aplicativos de transporte individual com o uso de carro particular (o mais conhecido é o Uber) não estão sendo cumpridas.

O protesto transcorreu sem grandes problemas. Os motoristas carregavam faixas, usaram apitos e narizes de palhaço. Eles repetiam durante todo o tempo que aquela seria uma manifestação pacífica e pediam para que as ruas não fossem ocupadas. De manhã, a carreata dos taxistas saiu do Aterro e acabou causando retenções em algumas ruas do Centro da cidade.

Publicidade