Clique e assine por apenas 4,90/mês

Crivella defende permanência da Grande Rio no Grupo Especial

De acordo com o prefeito, a baixada Fluminense deve estar representada na Sapucaí

Por Redação VEJA RIO - 1 mar 2018, 15h34

O prefeito Marcelo Crivella defendeu, nesta quinta-feira (1°), a decisão da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) de anular o rebaixamento da Acadêmicos do Grande Rio e do Império Serrano para a Série A. De acordo com Crivella, a Baixada Fluminense deve ter representação no Carnaval. A Grande Rio não era a única escola de samba da Baixada Fluminense na Sapucaí. A Beija-Flor, campeã no Carnaval 2018, é de Nilópolis.

Publicidade