Clique e assine por apenas 4,90/mês

Crivella anuncia frota de ônibus em dia de sessão de impeachment

Os 150 novos coletivos, que vão custar R$ 72 milhões ao município, terão Wi-Fi e tomadas para carregadores de celular

Por Redação VEJA RIO - 13 jul 2018, 16h22

O prefeito Marcelo Crivella anunciou, nesta quinta-feira (12), quando se discutiu seu impeachment, uma nova frota de ônibus munidos de rede Wi-Fi e tomada para carregadores de celular. Os 150 veículos custaram R$ 72 milhões à cidade e devem chegar em 90 dias. O Município também informou que um acordo entre a prefeitura e o sindicato de empresários de transporte RioÔnibus prevê a renovação completa da frota até 2020 e o fornecimento de informações como receita e custos com os coletivos.

O governo municipal entrou em crise depois de O Globo revelar detalhes de uma reunião entre o prefeito e líderes evangélicos no Palácio da Cidade, sede do governo municipal. Crivella prometeu preferência aos fiéis em fila para cirurgias de catarata e rapidez na solução de problemas com IPTU.

Publicidade