Clique e assine por apenas 4,90/mês

Cristo Redentor fica vermelho no Dia Mundial do Doador de Sangue

Ação faz parte da campanha Junho Vermelho, que busca conscientizar a população sobre a importância da doação

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 13 jun 2017, 16h14 - Publicado em 13 jun 2017, 15h34
Cristo iluminado de vermelho em 2015 Vitor Madeira/Viva Rio/Divulgação

Principal cartão postal do Rio, o Cristo Redentor será completamente iluminado de vermelho nesta quarta-feira (14). A iluminação especial, que visa celebrar o Dia Mundial do Doador de Sangue, durará uma hora: das 19h às 20h. Com iniciativa da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Hemorio, Associação Pró-Vita, Santa Casa e Movimento Eu Dou Sangue, a ação faz parte da campanha Junho Vermelho, que busca conscientizar a população sobre a importância de ser um doador.

Para doar sangue é necessário apresentar um documento oficial de identidade com foto, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e estar bem de saúde. Não é necessário estar em jejum. O voluntário deve evitar alimentos gordurosos quatro horas e bebidas alcoólicas 12 horas antes de comparecer ao hemocentro.

O HemoRio fica na Rua Frei Caneca, 8, centro do Rio, e funciona todos os dias, das 7 às 18h, incluindo sábados, domingos e feriados. Mais informações podem ser obtidas no Disque Sangue, no telefone 0800 282 0708.

Publicidade