Clique e assine por apenas 4,90/mês

Coronavírus: supermercados do Rio desobedecem restrição

Medida que restringe a entrada de um cliente por vez é ignorada pela maioria dos estabelecimentos visitados por VEJA RIO em diferentes pontos da cidade

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 14 abr 2020, 14h55 - Publicado em 14 abr 2020, 14h54

Publicadas no Diário Oficial do Município nesta segunda-feira (13), algumas das novas medidas preventivas para os supermercados vêm sendo ignoradas pelos estabelecimentos da cidade. Uma delas em especial, a que limita a entrada de uma pessoa por família, é a que vem encontrando mais resistência entre os comerciantes – como as pessoas estão indo fazer compras, em sua maioria, sozinhas, o supermercado só pode deixar entrar um cliente por vez, no esquema “quando um sai, outro entra”. 

 

Mundial, da Barra: álcool gel para os clientes e zero de restrições na entrada Fernanda Thedim/Veja Rio

Coronavírus: em um mês, casos no Rio pularam de 30 para 1996

VEJA RIO conferiu como as lojas estão lidando com essa restrição e constatou que esta medida, especificamente, só vem sendo respeitada pelas filiais do Zona Sul do Jardim Botânico e da Rua Barão da Torre, em Ipanema – a loja é a “flagship” da rede. Por lá, os funcionários dizem ter sido avisados na manhã desta terça-feira que teriam de restringir a entrada de um cliente por vez, e não vêm encontrando resistência da clientela. Uma fila de cerca de 20 resignadas pessoas, a grande maioria usando máscaras cirúrgicas e respeitando a distância de pelo menos 1,5 metro, se formou em frente à loja. Outras duas filiais do Zona Sul no bairro ignoraram esta medida. Na Barra, a situação é a mesma no Mundial e também no Zona Sul, ambos na Av. Érico Verissimo: não há nenhuma medida restritiva para a entrada de clientes.

Continua após a publicidade
Pão de Açúcar, em Copacabana: nenhum impedimento à entrada de clientes em duplas ou em grupos Cleo Guimarães/Veja Rio

O Superprix, na esquina da Rua Visconde de Pirajá com Vinicius de Moraes, em Ipanema, também ignora a nova medida para evitar aglomerações, assim como as lojas do Pão de Açúcar da Avenida Nossa Senhora de Copacabana.  Outras medidas preventivas que constam no Diário Oficial, como a higienização dos carrinhos e a disponibilização de álcool gel para os clientes e funcionários, vêm sendo respeitadas por todos os supermercados visitados. Veja a lista completa de medidas aqui: Covid-19: Prefeitura adota novas medidas preventivas para supermercados  

 

Publicidade