Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Coronavírus: eventos no Rio passam a ser fiscalizados pelos Bombeiros

Medida foi decretada pelo governador em exercício Cláudio Castro depois de um fim de semana de aglomerações e desrespeito às regras sanitárias

Por Da Redação 26 nov 2020, 14h38

Este fim de semana não vai ser como o que passou. Depois de um feriadão prolongado com dezenas de registros de aglomerações e desrespeito às regras sanitárias na cidade, o governador em exercício Cláudio Castro determinou que a partir desta quinta (26) o Corpo de Bombeiros fará blitzes para limitar à metade a lotação de eventos e festas em todo o estado.

Coronavírus: Crivella ameaça dar voz de prisão a quem descumprir regras

A corporação vai a campo entre 20h e 5h, sempre de quinta a domingo – espaços como boates, bares e casas de espetáculos são os principais alvos.  Todas as solicitações para a realização de eventos abertos também vão passar por uma avaliação dos Bombeiros, que, a pedido de Castro, deve ser mais rigorosa do que a atual.

Coronavírus: ocupação de leitos de UTI chega a 97% no Rio

Os eventos estão liberados na cidade do Rio desde a fase final de flexibilização, decretada no início de novembro, mas ainda é necessário seguir uma série de regras. Estabelecimentos que não estiverem cumprindo a lotação de público, por exemplo, podem ser interditados e ter suas licenças cassadas.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Levantamento divulgado pela Secretaria de Saúde mostra que o estado acumula 22 256 mortes e 343 995 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia. Na capital, são 133 836 registros oficiais e 13 115 óbitos.

Continua após a publicidade
Publicidade