Clique e assine por apenas 4,90/mês

Copacabana Palace é punido por levar hóspede para ver sol nascer no Cristo

Visita não-autorizada e fora do horário à área preservada gerou multa de R$ 60 mil

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 22 jun 2018, 14h25 - Publicado em 22 jun 2018, 14h24

Cristo Redentor

O Copacabana Palace foi multado em R$ 60 mil por um pacote que oferecia aos hóspedes interessados em ver o sol nascer no Corcovado. Negociado com a Arquidiocese do Rio, que cuida do Cristo Redentor, o passeio não tinha autorização dos responsáveis pelo Parque Nacional da Tijuca, onde fica localizada a atração.

A multa foi aplicada por se tratar de uma visita à uma unidade de conservação ambiental fora do horário permitido e sem permissão prévia dos administradores. Quando estava à venda, o pacote custava R$ 10 mil e era vendido como uma “privilegiada experiência”, conforme noiticou nesta sexta (22) o colunista Ancelmo Gois no jornal O Globo.

Publicidade