Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Confirmado o primeiro caso de morte por febre amarela no estado

Além da vítima em Casimiro de Abreu, há outro caso registrado na cidade. Outros 36 estão sendo investigados

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 15 mar 2017, 15h29 - Publicado em 15 mar 2017, 14h34

Foi confirmada a primeira morte de caso de febre amarela no estado do Rio. O pedreiro Watila Santos, 38 anos, morreu no sábado (11), no município de Casimiro de Abreu. Outro caso foi registrado na cidade, ambos não tinham histórico de viagem para as áreas de risco. Atualmente há outras 36 pessoas com suspeita da doença.

A secretaria estadual de Saúde decidiu antecipar a vacinação em 24 municípios nas regiões Norte, Noroeste, Serrana, dos Lagos e no entorno da reserva do Poço das Antas. São eles: Sumidouro, Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu, Rio Bonito, Silva Jardim, Rio das Ostras, Cabo Frio, Macaé, Bom Jardim, Duas Barras, Cordeiro, Macuco, Trajano de Moraes, Conceição de Macabu, Tanguá, Araruama e Casimiro de, além de Campos dos Goytacazes, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, São Fidélis, Cardoso Moreira, Carmo, Cantagalo e Sapucaia. A prioridade da campanha será imunizar a população residente ou que trabalha em áreas de mata e zonas rurais.

Publicidade