Clique e assine com até 65% de desconto

“Não tenho tempo para ser sexy”

Considerada pela crítica a versão espanhola de Nina Simone, a cantora Concha Buika quer aproveitar as delícias cariocas em sua segunda temporada na cidade

Por Daniela Pessoa Atualizado em 5 dez 2016, 12h43 - Publicado em 19 set 2014, 13h34

“Não tenho tempo para ser sexy”

Considerada pela crítica a versão espanhola de Nina Simone, a cantora Concha Buika pretende aproveitar as delícias cariocas em sua segunda temporada na cidade – a primeira foi em 2013, para uma apresentação no Festival Back2Black. “Da última vez, foi tudo muito corrido. Lembro apenas de achar estranho o carioca sorrir para todo mundo. Agora, quero ir até o Cristo, visitar uma favela e encontrar Djavan e Hermeto Pascoal. Sou fã deles”, revela a intérprete, que já trabalhou como cover de Tina Turner em cassinos de Las Vegas. “Não sei como dei certo, eu era um desastre musical. Continuo dando o maior duro porque não tenho tempo para ser sexy como outras cantoras”, dispara.

Publicidade