Continua após publicidade

Como vai funcionar sistema de videomonitoramento da PM no Ano Novo

Cãmeras estarão ativas em Copacabana e na Barra durante a virada do ano. Esquema de segurança contará com 3 mil policiais extras no bairro da Zona Sul

Por Redação
27 dez 2023, 14h43

O Réveillon no Rio contará este ano com um sistema de videomonitoramento da Polícia Militar. De acordo com as autoridades, novas câmeras com capacidade de identificar placas de veículos e reconhecer rostos estão sendo instaladas na orla da cidade e nas grandes vias expressas. Na virada deste ano, os equipamentos já estarão funcionando em Copacabana e na Barra da Tijuca, dois locais onde haverá queima de fogos.

+ Primeira parcela do IPTU 2024 deve ser paga no dia 7 de fevereiro

A partir das imagens capturadas pelas câmeras, haverá o cruzamento de dados do Centro Integrado de Comando e Controle da Polícia Militar. “Em caso de identificação de veículos roubados ou foragidos da justiça, os agentes de segurança serão acionados e farão a abordagem”, contou o porta-voz da Polícia Militar, coronel Marco Andrade.

A medida foi anunciada durante coletiva nesta terça (26), no Centro de Operações Rio, onde a Prefeitura do Rio e as secretarias de Estado de Polícia Militar, Polícia Civil, de Governo, e o Corpo de Bombeiros apresentaram o esquema especial de segurança e de transportes para os dias 31 de dezembro e 1º de janeiro.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

O esquema de segurança em Copacabana também será reforçado com cerca de 3 mil policiais militares extras. Na noite de Ano Novo, o bairro terá trinta pontos de bloqueio, sendo quinze com revista, além de 150 detectores de metais, 800 gradis, quinze lanternas e pontos com apoio de câmeras e reconhecimento facial. O número de agentes será 11% superior ao empregado na passagem de 2022 para 2023. O esquema especial de policiamento ocorrerá das 8h do dia 31 até as 20h do dia 1º.

Os agentes ocuparão quatro tendas, oito cabinas, além de 61 Plataformas de Observação – 29 na faixa de areia – , 15 no canteiro central e 17 calçadão. Serão também utilizados quadriciclos para patrulhamento na faixa de areia, além de 64 viaturas nas ruas. A região será ainda patrulhada por helicópteros e drones do Grupamento Aeromóvel (GAM), que transmitirão imagens em tempo real para o CICC e para o Carro Comando Móvel em Copacabana.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Durante o Réveillon, 3.600 agentes da Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol) trabalharão em todo estado para reforçar as equipes das centrais de flagrante, além de fornecer apoio operacional e realizar atividades fiscalizatórias. Já o Corpo de Bombeiros contará com o empenho extra de cerca de 600 militares, com o uso de viaturas, embarcações e aeronaves. Em Copacabana, equipes de combate a incêndio, salvamento e atendimento pré-hospitalar serão formadas por mais de 200 agentes. Cerca de 100 guarda-vidas estarão dedicados à prevenção de afogamentos e de acidentes marítimos, com auxílio de cerca de 30 motos-aquáticas, 4 botes e uma lancha.

Segundo a diretora do Departamento-Geral de Polícia da Capital (DGPC), Raíssa Celles, as delegacias de Atendimento à Mulher, do Idoso, assim como de combate à intolerância racial, religiosa e do turista, terão funcionamento em esquema de plantão. “O objetivo é que o Réveillon transcorra com tranquilidade e que as pessoas que tem o intuito de festejar venham para as festividades sabendo que as polícias estão em prontidão”, ressaltou a delegada.

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.