Clique e assine com até 65% de desconto

Comlurb prepara megaoperação para o Carnaval

Esquema contará com mais de mil garis por dia e inclui os fiscais do Programa Lixo Zero para multar quem sujar as ruas

Por Redação Veja Rio Atualizado em 5 dez 2016, 11h32 - Publicado em 21 jan 2016, 19h01

A temporada da folia está só começando e mais um bloco se prepara para ocupar as ruas. Não pense que é mais uma agremiação de escola de samba, na verdade é a equipe da Comlurb que está preparando sua atuação durante o Carnaval. A operação irá envolver 1.100 garis atuarão por dia espalhados em todos os eventos da cidade. Os números do que é esperado de lixo pode ser medido pelo planejamento dos trabalhos. Serão disponibilizados até 5 mil contêineres, 235 equipes do Programa Lixo Zero, além do uso de 90 sopradores para acelerar a limpeza após a passagem dos blocos. O sistema de limpeza contará, ainda, com caminhões compactadores, pulverizadores, caminhões-pipas, kombis lava-jato, caminhões basculantes, mini varredeiras, varredeiras mecânicas e mini basculantes.

+ 39 blocos desfilam neste fim de semana

Para se ter uma ideia do quanto é necessário para manter a cidade arrumada, basta conhecer alguns dos dados. A Banda de Ipanema, por exemplo, que desfila quatro vezes durante o Carnaval, contará com 65 garis e 250 contêineres. Já o Simpatia é Quase Amor, que chega a reunir 100 mil pessoas, fará com que a Comlurb disponibilize 80 garis e 350 contêineres espalhados no trajeto dos foliões. Vale lembrar que a operação Lixo Zero estará fiscalizando comportamentos inadequados. Caso o folião seja pego em flagrante urinando em via pública pelas equipes de fiscalização, poderá ser multado em R$ 510. Já um resíduo pequeno jogado no chão pode ser transformado em taxas de R$185. Vale à pena andar na linha.

Publicidade