Clique e assine por apenas 4,90/mês

Centro tem manifestações contra reforma da Previdência

Protestos interditam vias e causam reflexos no trânsito da cidade. Apesar da ameaça de greve, ônibus circulam normalmente pelas ruas

Por Agência Brasil - Atualizado em 15 mar 2017, 11h57 - Publicado em 15 mar 2017, 11h55

Duas manifestações contra a reforma da Previdência Social, em vias do centro do Rio de Janeiro, provocam reflexos no trânsito da cidade. Integrantes da Frente Internacionalista dos Sem Teto (Fist) fizeram, na manhã desta quarta-feira (15), uma passeata da Avenida Brasil até a Avenida Presidente Vargas, onde bloquearam as pistas no sentido centro da cidade.

O protesto deixou o trânsito lento na Avenida Brasil, principal via de ligação entre as zonas norte e oeste com o centro da cidade. Também houve reflexos na Ponte Rio-Niterói. Neste momento, a via tem trânsito intenso no sentido Rio de Janeiro. A travessia, que normalmente dura 13 minutos, está sendo feita em 20 minutos.

Os portuários fazem um protesto na Avenida Rio de Janeiro, em frente à entrada do porto do Rio de Janeiro. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, há reflexos nas avenidas Francisco Bicalho, Binário e Via Expressa.

Frota de ônibus normal

Apesar da greve anunciada pelos motoristas e cobradores , a circulação de ônibus no Grande Rio não foi prejudicada. O Sindicato dos Motoristas e Cobradores aprovou nesta terça-feira (14), em assembleia, a paralisação em protesto contra as reformas previdenciária e trabalhista propostas pelo governo federal.

Por meio de nota, a RioÔnibus, que representa as empresas de ônibus, informou que os consórcios mantêm o planejamento para uma operação normal. A prefeitura informou que está monitorando toda a cidade, por conta de possíveis paralisações e manifestações previstas para hoje.

Outras categorias, como os professores das redes pública e privada e os bancários, também prometeram paralisações hoje no Rio de Janeiro, em protesto contra as reformas propostas pelo governo federal.

Continua após a publicidade
Publicidade