Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Carnaval fora de época de Paquetá: tudo indica que vai rolar

Previsto para ocupar o Iate Clube ou o Parque Darke de Mattos, ele só acontecerá após quinze dias sem nenhum registro de contaminações na ilha

Por Pedro Tinoco Atualizado em 16 jul 2021, 16h03 - Publicado em 16 jul 2021, 07h00

A exemplo de estudo promovido na cidade paulista de Serrana, a bucólica Ilha de Paquetá foi alvo de campanha maciça de vacinação, em parceria da Secretaria Municipal de Saúde com a Fiocruz, para avaliação do controle do contágio quando a maioria da população está imunizada. Após o “vacinaço” do dia 20 de junho, 93,6% dos habitantes do bairro maiores de 18 anos haviam recebido ao menos a primeira dose.

O Rio Innovation vem aí – e será um megaevento de inovação

Baía de Guanabara: mapeamento prevê 69 intervenções positivas

Dados preliminares apontam que 90% dos paquetaenses já com as duas doses apresentaram anticorpos contra a Covid-19. Tudo indica, portanto, que o Carnaval fora de época, prometido pelo prefeito Eduardo Paes, sairá do papel muito em breve, mas com algumas regrinhas: previsto para ocupar o Iate Clube ou o Parque Darke de Mattos, reunirá apenas pessoas completamente imunizadas — e só acontecerá após quinze dias sem nenhum registro de novas contaminações na ilha.

Os planos de expansão da Junta Local

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade