Clique e assine por apenas 4,90/mês

Cabral aguarda transferência para Mato Grosso do Sul

Departamento Penitenciário Nacional (Depen) afirma que a transferência será realizada nos próximos dias, mas não divulga data "por motivos de segurança"

Por Redação VEJA RIO - 30 out 2017, 15h16

Ainda preso na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, o ex-governador Sérgio Cabral aguarda transferência para o Presídio Federal de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. No último sábado, Cabral recebeu novamente a visita de familiares, entre eles seu filho, o deputado Marco Antônio Cabral (PMDB-RJ), que já foi denunciado por visitas irregulares ao pai.

Tentando impedir a mudança, a defesa do ex-governador teve o pedido de habeas corpus negado pelo juiz Marcelo Bretas, que teve sua decisão motivada por considerar como ameaça a menção de Cabral à sua vida privada durante o interrogatório. Na ocasião, Sérgio Cabral afirmou que a família do magistrado tinha uma loja de bijuterias no Saara. Sem confirmar a data, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) afirmou em nota que a transferência será realizada nos próximos dias.

Como não há rotas comerciais diretas do Rio para Campo Grande, ainda não se sabe se a transferência será feita em avião da Polícia Federal ou em voo comercial com escalas.

Publicidade