Clique e assine por apenas 4,90/mês

Brincadeira sem graça: médicos fazem alerta sobre vídeo viral

Profissionais da saúde alertam que pegadinha na qual dois amigos dão rasteira em pessoa desavisada pode causar traumatismo craniano

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 12 fev 2020, 15h47 - Publicado em 12 fev 2020, 12h48

De tempos em tempos, um novo desafio, geralmente filmado e postado nas redes sociais por adolescentes, deixa os pais e responsáveis de cabelo em pé, ao mesmo tempo em que suscita uma dúvida: é verdade ou fake news?

Desta vez, surgiu uma brincadeira sem graça apelidada de “quebra-crânio”. Em vários vídeos postados em diversos lugares do mundo, três pessoas ficam lado a lado. A pessoa do meio dá um pulo e essa é a deixa para que as outras duas pessoas deem uma rasteira nele. Evidentemente, quem está no meio cai.

Um desses vídeos foi gravado há pouco mais de uma semana em um colégio em Caracas, na Venezuela, e se tornou viral. Nas imagens, um garoto cai e bate violentamente com a cabeça no chão.

Através de uma postagem no Twitter, o Colégio Santo Tomás Aquino confirmou que o incidente aconteceu em sua instituição e disse que os estudantes envolvidos e seus responsáveis foram chamados para uma conversa. O colégio não informou o estado de saúde do menino, mas pessoas próximas confirmaram que ele está bem, apesar do forte impacto da batida.

Continua após a publicidade

Em outro vídeo chocante, gravado no Brasil, a pessoa que é derrubada fica desacordada. Há ainda um terceiro que mostra um adolescente supostamente fraturando o braço quando cai, enquanto alguns de seus colegas riem.

Não é brincadeira: homem fica desacordado após cair em ‘pegadinha’ de amigos Reprodução/Twitter

Profissionais da saúde fazem o alerta: traumas como esses podem levar a uma hemorragia intracraniana, necessitar de cirurgia de emergência e levar ao coma.

Publicidade