Clique e assine por apenas 4,90/mês

Brasileiros usam redes sociais para pedir desculpas aos russos

Duas campanhas utilizam hashtags para levar à sede da Copa mensagem de repúdio ao comportamento de turistas em relação às mulheres

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 25 jun 2018, 13h30 - Publicado em 25 jun 2018, 13h23

A agência de publicidade Z+, uma das maiores do Brasil, lança nesta segunda (25), o site DesculpaRussia.com, por meio do qual as pessoas poderão pedir desculpas publicamente pelo comportamento de brasileiros na sede da Copa.

Este não é o único movimento de reparo á imagem do país depois da viralização do vídeo de turistas brasileiros induzindo uma mulher russa a dizer palavras de baixo calão. Os coletivos de mulheres Não é Não, do Rio, As Minas, de São Paulo, Tamo Juntas, de Salvador e a agência de publicidade NBS lançaram no último fim de semana a campanha #200milliontimessorry. O objetivo é reunir vídeos com brasileiros se desculpando para a jovem que aparece no vídeo sendo assediada. A hashtag deve ser inserida na publicação dos vídeos para que depois sejam usados num grande vídeo que será editado e levado à moça.

Publicidade