Clique e assine por apenas 4,90/mês

Bênção a “surfista santo” reúne mais de 300 pessoas em praia

Evento lembrou a morte de Guido Schäffer, seminarista que morreu afogado há 9 anos e está em processo de canonização

Por Redação VEJA RIO - 1 Maio 2018, 14h51

Na manhã desta terça (1), cerca de 300 pessoas se reuniram na praia do Recreio, no Posto 11, para participarem do evento D.I.A (Duc In Altum, em latim, que significa “buscando águas profundas”) em memória do surfista e ceminarista Guido Schäffer, que morreu afogado há 9 anos depois de sofrer uma convulsão enquanto surfava. A programação teve bênçãos das pranchas, realizada pelo arcebispo Dom Orani Tempesta, missa, oração no mar e, claro, surf.

Em processo de canonização, Guido é considerado o São Francisco do século XXI. Após serem colhidos diversos testemunhos de milagres por parte de fiéis e amigos de Guido, a cúpula da igreja católica está analisando os materiais. Segundo Dom Roberto, Delegado para a Causa dos Santos do Rio de Janeiro, o próximo passo é o envio de teólogos e médicos para estudo das provas de oficialização do “Santo Surfista”.

Publicidade