Clique e assine por apenas 4,90/mês

Bancada do Rio foi a que mais faltou à sessão que cassou Cunha

Segundo suas assessorias, três dos faltosos alegaram que perderam a sessão para fazerem campanha pelo estado

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h05 - Publicado em 14 set 2016, 16h59

Entre os 42 ausentes da sessão que cassou o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, sete são da bancada carioca que, em 2014, elegeu o político com 232 mil votos. São estes: Cristiane Brasil (PTB), Felipe Bornier (PROS), Fernando Jordão (PMDB), Luiz Carlos Ramos (PTN), Marcos Soares (DEM), Soraya Santos e Washington Reis (PMDB).

+ Agressores de travesti são presos no Rio 

Segundo suas assessorias, três dos faltosos alegaram que perderam a sessão para fazerem campanha pelo estado. No entanto, todos os candidatos à prefeito do Rio com mandato na Câmara — Pedro Paulo (PMDB), Jandira Feghali (PCdoB) e Alessandro Molon (Rede) — foram a Brasília para participar da votação. 

Publicidade