Clique e assine por apenas 7,90/mês

Ator Marcos Palmeira diz que não será vice de Marina Silva

Um dos fundadores da Rede, o ator avisou, no entanto, que participará ativamente da campanha de Marina

Por Daniela Pessoa - 31 jul 2018, 13h08

Porta-voz da Rede, Pedro Ivo Batista acenou, na última semana, a possibilidade de o ator Marcos Palmeira se tornar vice-presidente na candidatura de Marina Silva à presidência, mas o próprio ator acaba de descartar a possibilidade. Segundo Palmeira, que é um dos fundadores da Rede, este não seria o momento de ocupar o cargo, mas o artista avisou que participará ativamente da campanha de Marina. Sem contrato fixo com a Globo desde 2004, ele usará seu nome para pedir votos e ajudará no networking da candidata com outros artistas.

Para se tornar seu vice, Marina agora avalia dois nomes: Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, e o economista Ricardo Paes de Barros, um dos idealizadores do programa Bolsa Família. Ambos são filiados à Rede. Há ainda a possibilidade de o partido fechar uma aliança com o PV, que indicaria então o postulante a vice (nesse caso, o nome mais cotado é o do ex-deputado Eduardo Jorge, que concorreu à presidência em 2014).

Publicidade