Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Novas áreas verdes serão projetadas no Rio para amenizar o calor

O projeto prevê o plantio de 250 espécies vegetais, a retirada do asfalto e a instalação de coberturas em pontos da Cidade Nova

Por Pedro Tinoco Atualizado em 19 fev 2021, 09h08 - Publicado em 19 fev 2021, 06h00

Irajá bateu recordes de temperatura em janeiro, mas o Rio tem muitas outras “ilhas de calor”. São regiões onde a falta de verde e o excesso de asfalto e cimento resultam em degradação. Uma iniciativa para mitigar o problema foi apresentada ao secretário municipal de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere. Trata-se do Parque Cidade Nova, que prevê intervenções em pontos como a Praça General Castello Branco, na área histórica vizinha ao Sambódromo. O projeto, que se espalha por outras três ruas da região, envolve o plantio de 250 espécies vegetais, a retirada do asfalto e a instalação de coberturas.

“Não é nada diante do benefício que traz”, avalia o arquiteto Rodrigo Azevedo, que coordenou o trabalho em parceria com o Circo Crescer & Viver, instituição local, e o escritório modelo da Universidade Estácio de Sá. Entre outros bons resultados, ele cita a diminuição do calor, da poluição e dos alagamentos, além da criação de uma área pública de convivência. A mesma equipe desenvolveu estudos para a Avenida Maracanã e a Rua Voluntários da Pátria.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade