Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Após reforma, Casa de Cultura Laura Alvim reabre suas portas

Em 1983, seis meses antes de morrer, Laura Alvim doou o casarão ao estado, com a condição de que virasse um centro cultural

Por Heloíza Gomes Atualizado em 5 dez 2016, 11h02 - Publicado em 1 out 2016, 01h00

A Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, reabriu suas portas, no último dia 19, depois de uma ampla reforma. E, assim, dá continuidade a sua vocação cultural, traçada pela antiga proprietária. A casa foi construída entre 1906 e 1910, ano em que Laura Alvim, com apenas 8 anos, se mudou para lá. A menina cresceu e decidiu ser atriz, mas o pai não deixou. Ao herdar o imóvel, construiu um palco onde declamava para os amigos e que também emprestava a atores para que ensaiassem suas peças. Nos anos 1960, falida, Laura passou a alugar os cômodos da casa para imigrantes nordestinos, e o local ficou conhecido como República do Ceará. Em 1983, seis meses antes de morrer, doou o casarão ao estado, com a condição de que virasse um centro cultural. Três anos depois, o espaço foi inaugurado.  

Publicidade