Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Alunos da rede estadual do Rio sem internet voltam às aulas em outubro

Objetivo é que todos continuem com aulas pela plataforma online

Por Agência Brasil 2 set 2020, 12h04

As escolas da rede estadual de ensino serão reabertas a partir do dia 5 de outubro apenas para estudantes que não têm acesso à internet e somente em regiões com Bandeira Amarela duas semanas antes desta data. A Secretaria de Estado de Educação vai disponibilizar computadores, equipamentos multimídia e materiais didáticos digitais nas unidades de ensino de todo o Estado do Rio de Janeiro.

+Pandemia: mais da metade de pequenos negócios retomou atividades

A decisão foi alinhada com a prefeitura do Rio de Janeiro, após reunião nesta terça (1º) entre o governador em exercício, Cláudio Castro e o prefeito Marcelo Crivella, no Palácio Guanabara, sede do governo estadual.

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação informou que o objetivo da medida é assegurar que os alunos possam dar continuidade aos estudos na plataforma Google Classroom. “Para garantir o distanciamento entre os estudantes, recomendado pela Secretaria de Estado de Saúde, as salas de aula serão transformadas em laboratórios de informática. Cada escola organizará a utilização de seus espaços, que vão funcionar três vezes por semana”.

+Covid-19: Fiocruz discute como acelerar produção da vacina 

Medida

De acordo com o decreto estadual, publicado no dia 20 de agosto, as aulas presenciais na rede estadual poderão ser retomadas nas regiões que permaneçam em baixo risco de contaminação pelo novo coronavírus, identificadas com Bandeira Amarela, por no mínimo duas semanas seguidas antes da data prevista para a abertura.

 

+Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade