Continua após publicidade

Adega Flor de Coimbra tem cartaz que proibe beijos ousados no salão

Dono do restaurante português aberto há mais de 70 anos na Lapa não gostava de ver casais se agarrando na casa

Por Daniela Pessoa
Atualizado em 5 dez 2016, 12h37 - Publicado em 29 out 2014, 13h06

 

Não é só do paladar dos comensais que cuida (e muito bem!) a Adega Flor de Coimbra, na Lapa. Há mais de 70 anos administrada pela mesma família portuguesa, a casa mantém a arte viva em suas paredes, que revelam um pouco da obra do artista plástico Nilton Bravo, especializado em pintar paisagens em bares, e ainda uma plaquinha inusitada onde se lê “Proibido beijo ousado”.

+ Designer transforma versos da MPB em belas ilustrações

Segundo o garçom José Antônio de Lima, o cartaz já está ali há anos, assim como a placa da prefeitura na parte externa do sobrado que informa que o pintor Candido Portinari (1903-1962) já morou no local. “O antigo dono, falecido, não gostava quando via casais se beijando no ambiente familiar da casa. Nos dias em que ele estava mais ranzinza, pedia para os amantes se retirarem e dizia que não precisavam nem pagar a conta”, diverte-se o funcionário. Ficou o bom humor.

E você, já encontrou cartazes curiosos por aí?

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.