Clique e assine por apenas 4,90/mês

A atual sede Istituto Europeo di Design já abrigou um cassino

palco de shows internacionais e reduto de intensa jogatina, o Cassino da Urca passou a funcionar no edifício em 1933

Por Rafael Sento Sé - 2 fev 2018, 08h31

Em 1933, o antigo Hotel Balneário passou a abrigar o histórico Cassino da Urca, palco de shows internacionais e reduto de intensa jogatina. Reza a lenda que, no fim da década de 30, entre roletas e mesas de pano verde, o físico russo George Gamov (1904-1968) e seu colega brasileiro Mário Schenberg (1914-1990) se surpreenderam com a quantidade de dinheiro perdido pela esposa do convidado estrangeiro. Conversa vai, conversa vem, veio daí a inspiração para o nome do processo Urca (Ultra Rapid Catastrophe), ligado a pesquisas sobre perda de energia das estrelas. Décadas após o trocadilho de Gamov e Schenberg, o prédio, hoje sede do Istituto Europeo di Design, vai abrigar, em julho, um encontro (sério) com físicos, astrônomos e astrofísicos para celebrar os quarenta anos da Escola de Cosmologia e Gravitação.

Publicidade