Clique e assine por apenas 7,90/mês

13 hoteis já fecharam no Rio desde o fim de 2016 devido à crise

Entre as razões para o mau momento, estão a crise econômica e o agravamento da violência

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 1 ago 2018, 19h35 - Publicado em 1 ago 2018, 13h40

O Mercure Barra fecha as portas nesta quarta (01). A informação foi publicada pelo colunista Ancelmo Gois e sinaliza a grave crise pela qual passa o setor hoje em toda cidade. De acordo com o jornal O Globo, 13 estabelecimentos fecharam as portas no Rio desde o fim de 2016.

Ao todo, os turistas deixaram de contar com 2828 quartos com as baixas recentes. Quatro hoteis ficavam no Centro, uma das regiões mais impactadas. No espaço compreendido entre Barra e São Conrado, outros três fecharam de vez ou para reformas. “Depois das Olimpíadas, não tivemos nenhuma propaganda para atrair o consumidor final”, reclama Alfredo Lopes, presidente da seção fluminense da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis.

A redução no número de quartos se refletiu no fechamento de vagas de trabalho. Só em junho, foram 2244. Entre as razões para o mau momento, estão a crise econômica e o agravamento da violência nos últimos tempos.

Publicidade