Clique e assine por apenas 7,90/mês
Publicidade
Thalita Reboucas Por Blog Blog da Thalita Rebouças
No auge do sucesso vampiresco de Crepúsculo ouvi de uma leitora de 11 anos, durante um bate-papo em um evento literário, a pergunta: – Por que você não faz Fala Sério, Vampiro? A plateia gargalhou, assustando a menina, que não intencionou fazer rir. Ela apenas queria que eu misturasse a Malu da minha série de […]
Não me lembro desde quando, mas sou fã incondicional de macarrão instantâneo (não vou dizer que é Miojo porque não estou ganhando pra isso). O meu, modéstia na China, é simplesmente o melhor. O mais magnífico, o mais sensacional, o perfeito. Não sei nada de cozinha, mas sou expert em Miojo (já desisti de não […]
Nada contra camisas de time. Aquelas que imitam as antiguinhas, então, acho um charme. Charme que, para mim, vai por água abaixo e vira falta de noção quando a peça é usada nos dias em que seu time não joga. Isso posto, digo agora o que realmente me angustia com a proximidade da Copa: as […]
Em São Paulo por conta de um evento, precisei fazer um ajuste no vestido que usaria à noite, num jantar com amigos. Fui a uma costureira a jato recomendada pelo hotel. Enquanto ela marcava a bainha, comentou: – O seu rosto não me é estranho. Você não é aquela menina… – Obrigada pelo ‘menina’. A […]
Não gosto de histórias com finais tristes, portanto não sou grande fã de Romeu e Julieta. Nunca fui de rompantes românticos. Declaração de amor, pra mim, pode vir na forma de um simples “eu te amo” num engarrafamento ou nos detalhes do dia a dia, como acordar e ver que o ser amado botou pasta […]
Justamente quando todas as atenções estavam voltadas para o antológico desfile que uniu lixo ao luxo na Beija-Flor do saudoso Joãosinho Trinta, com direito a Cristo Redentor censurado e tudo, fui arrebatada pelo rio que passou e encantou Paulinho da Viola muitos anos antes. Ao ver o desfile da Portela não conseguia explicar o que […]
Dizem as más línguas que canto mal. Mas sempre  gostei de cantar. Ciente da minha afinação e dada a notas prolongadas, com a acústica perfeita do banheiro me sinto praticamente a reencarnação de Amy Winehouse. Canto mesmo, como se não houvesse amanhã. Mais nova, brincava de programa de calouros do Silvio Santos. Como toda filha […]
Desde que lancei meu primeiro livro infantil, “Por que só as princesas se dão bem?”, passei a ter maior contato com o maravilhoso mundo das crianças. Nunca soube falar com elas. Não tinha jeito, tampouco palavras, não compreendia mesmo. Com a primeira edição esgotada em menos de um mês, entendi que sabia, sim, me comunicar, […]
Que me chamem de louca, equivocada, desaplaudida. Sem paladar, sem bom senso, sem amor próprio. Natal chegando e eu só consigo pensar em uma coisa: a tal da rabanada. A insuportável rabanada. A despropositada rabanada. Resumindo, odeio rabanada! Pronto, falei, tô leve. O incensado acepipe natalino é basicamente pão, açúcar, canela. Nunca amei nenhum dos […]
Fui uma criança muito tímida e cheguei à pré-adolescência ainda penando para pronunciar mais de duas palavras a quem quer que fosse. Lembro até hoje das placas vermelhas que invadiam meu pescoço quando tinha que apresentar algum trabalho na frente da turma — resolvi o problema com camisas de gola rulê, mesmo nos dias de […]
Publicidade