Clique e assine por apenas 4,90/mês
Teatro de Revista Por Blog Por trás dos panos: reportagens, entrevistas e novidades sobre a cena teatral carioca

Daniel Herz fala sobre sua experiência com Nelson Rodrigues

Diretor escreve sobre o espetáculo "Perdoa-me por Me Traíres", em sua última semana na Casa de Cultura Laura Alvim

Por Renata Magalhães - 22 nov 2017, 12h51

Para celebrar mais uma temporada com o espetáculo Perdoa-me por me Traíres, que se encerra domingo (26) na Casa de Cultura Laura Alvim, o diretor Daniel Herz escreveu um pequeno texto sobre a experiência trabalhar com Nelson Rodrigues. Confira abaixo:

“Perdoa-me por me traíres” é uma frase que nos chama, nos instiga. O que Nelson Rodrigues quer dizer com isso? Uma frase título que imprime uma perturbação imediata. Como uma personagem pode ser capaz de falar uma frase que desestrutura não quem fala, mas sim, todos que a ouvem? Montar Nelson é perturbar a si mesmo.

Impossível passar incólume por meses de ensaio envoltos em questões tão profundas que aparecem na trama, nas palavras das personagens, nas revelações surpreendentes que surgem o tempo todo e renovam o fôlego do público. Nelson é um parceiro perfeito para qualquer diretor.

Ele sabe da importância de não deixar o teatro se transformar num momento de torpor. E o mundo Rodrigueano é um mundo de revelações avassaladoras que fazem das cadeiras da plateia um desconforto fascinante!

Continua após a publicidade

Teatro Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema. Sexta e sábado,  21h; domingo, 20h. R$ 40,00. Até domingo (26).

Publicidade